22 setembro 2017

A COR DO SOM

É nosso convidado o DR. DIOGO CABRITA para nos falar da sua paixão pela música, e não só.
Em destaque o lançamento do novo album da NÉ LADEIRAS.
       
       

       

SÉ NOVA - VISITA GUIADA

Sé Nova: Visita guiada
Sé Nova: do Maneirismo ao Barroco – formas, símbolos e história.
Visita orientada pelo Professor Doutor Nelson Correia Borges
Data do evento:
14.10.2017, sábado, às 10h00
Organização
A’Cerca de Coimbra (blogue)
Apoios
Paróquia da Sé Nova
Câmara Municipal de Coimbra
Clube de Comunicação Social de Coimbra
"Cromos", Personalidades e Estórias de Coimbra (blogue)
Coimbra antiga e moderna (blogue)
Coimbra livre e aberta a todos (blogue)
Penedo da Saudade Tertúlia (blogue)
Público-alvo
Todos os interessados na história e cultura coimbrã
Visita livre (sem prévia inscrição)
Objetivos
- Integrar o monumento no seu contexto histórico
- Identificar alguns seus elementos constitutivos
- Sensibilizar os participantes para a relevância da Sé Nova no património cultural da Cidade
Programa
09h45 – Concentração dos participantes junto às escadas de acesso da Sé
10h00 – Início da visita
. Breve exposição: o Colégio de Jesus, a sua época e o seu projeto
. Percurso
11h30 – Fim da visita

18 setembro 2017

BOLA AO CENTRO 19-09-2017

FRANCISCO ANDRADE - CARLOS PORTUGAL - BRAGA DA CRUZ

       
       

       

14 setembro 2017

ELEIÇÕES "SEM" FUTEBOL ???

À boa maneira portuguesa:
"O Governo está a preparar alterações ao Regime Jurídico das Federações Desportivas, de forma a proibir eventos desportivos em dias de eleições, disse hoje à agência Lusa o secretário de Estado da Juventude e do Desporto (SEDJ)."
Porque não seguir os bons exemplos já estudadas, praticados e com provas dadas:
“…Li há dias um "post" no Facebook do cientista político Pedro Magalhães que enumera pelo menos duas que se aplicam a eleições locais: "que todos os eleitores possam votar antecipadamente, se assim o entenderem, sem justificação necessária, durante a semana anterior às eleições, em postos espalhados pelas cidades, incluindo nas universidades; que todos os eleitores possam votar no local onde entenderem, e não apenas nos locais das áreas onde estão recenseados, seja antecipadamente, seja no dia das eleições".
Pedro Magalhães escrevia a propósito do que testemunhou nas recentes eleições na Noruega, onde a taxa de abstenção, como entretanto acrescentou, foi de 22%.”
Rafael Barbosa – JORNAL DE NOTÍCIAS
Mas não há como arranjar "trabalho" para mais uma comissão que irá inventar um sistema NOVO e ORIGINAL...à portuguesa...

13 setembro 2017

A COR DO SOM

Vamos conhecer a FORMAÇÃO DA AAC/OAF
        
       

       

04 setembro 2017

27 agosto 2017

SAÚDE EM PORTUGAL

É triste.
Um amigo que padece de um cancro foi-lhe receitado um medicamento, nos serviços de ONCOLOGIA DOS HUC, já lá vão mais de dois meses. O médico disse que era URGENTE.
Questionados os serviços a resposta foi que a ordem para adquirir o medicamento ainda não tinha chegado talvez por ser um medicamento MUITO CARO.
Mas afinal a saúde não é uma das bandeiras deste governo ?
Os medicamentos não são pagos pelos dinheiros públicos ?

Sinto-me triste e envergonhado. Pela minha parte faço o que posso: peço-te DESCULPA...

25 agosto 2017

A ESTRADA DA BEIRA OU...A BEIRA DA ESTRADA...

Uma obra que se impunha está a ser efectuada na estrada que liga Coimbra à Lousã, Poiares, etc., junto a S. Frutuoso. Estrada de muito movimento (as populações foram privadas da sua automotora...) vê o trânsito cortado num dos sentidos durante largos minutos pelos semáforos... Ora quando uma ambulância em serviço de urgência precisa de passar é o caos pois que tal não foi, ou não poude ser, acautelado. Não compreendo. Mas compreendo muito menos a morosidade das obras, com trabalhadores a cumprirem horários rigorosos (às cinco da tarde tudo pára) quando este devia ser um trabalho considerado URGENTE e portanto efectuado de "noite e dia". Surpreende-me que os autarcas cujas populações estão a ser prejudicadas não reclamem junto das ESTRADAS DE PORTUGAL ! Porque será ?
Quando tivermos um acidente originado pela urgência de uma ambulância irão então tratar do assunto...à boa maneira portuguesa...

A PRAGA DOS INCÊNDIOS


Não entendo. Questiono somente porque tenho o direito cívico de o fazer.
Assim:
1 - Em Portugal os “chefes” mandam os soldados para tomar conta da floresta ardida. Sem qualquer formação também não é lógico que façam mais. Os nossos vizinhos Espanhóis mandaram para Portugal forças para ataque a incêndios que pertencem ao exército. Uma unidade especial e que é sempre a primeira a avançar em casos “graves” porque têm formação específica.
Porque esperamos para dar formação especifica a um “grupo alargado” de soldados que assim podem servir a Pátria… ? Capelinhas… ???
2 – Que é feita dos helicópteros transformados em Monte-Real para serem utilizados nos incêndios ? Afinal as demonstrações que vimos, com honras televisivas, eram só “teatro” ? Não sendo expliquem porque não são utilizados…? Pois claro que é preciso formar os pilotos para este fim específico… Mas… esperamos pela próxima chegada dos incêndios ?
3 – Porque não são utilizadas as ambulâncias das forças armadas (PSP, GNR, Exército, Marinha, Aviação, quantas serão…?) para casos como este onde escasseiam meios e onde a falta de ambulâncias se faz sentir no trabalho normal dos centros de saúde e no transporte de muitos casos urgentes (foi patente nesta última “guerra” de incêndios) ? As “capelinhas” no seu melhor…
4 – Está provado que um “canhão de água” vale por algumas dezenas de voluntariosos bombeiros de mangueira em punho. Viu-se nas imagens da televisão quando um canhão foi utilizado. Pergunto: porque não são utilizados em casos como este (catástrofe) os canhões de agua que as forças policiais utilizam para dispersas manifestações ?
E fico por aqui.
Não passa de uma opinião que se insere num sentir de mágoa profunda e de grande solidariedade com os que tanto sofreram sem qualquer possibilidade de defesa perante um inimigo devastador e implacável.
Pensemos hoje no amanhã mesmo sem “comissões” que normalmente servem não para olear mas para emperrar a máquina da verdade…

19 julho 2017

A COR DO SOM



DR. JOÃO NUNO CALVÃO DA SILVA faz-nos a história de um ano de actividade à frente das actividades promovidas pelo INSTITUTO JURÍDICO DA COMUNICAÇÃO da Universidade de Coiimbra.

       
       

       

06 julho 2017

A COR DO SOM

O DR. CARLOS CIDADE, na qualidade de vereador da CM de COIMBRA fala-nos do desporto que temos e que queremos ter.
        
       

       

A COR DO SOM

O DR. JAIME RAMOS fala-nos das obras sociais que procura implantar em Coimbra assim como do colégio bilingue de S. Martinho do Bispo

       
       

       

05 julho 2017

BOLA AO CENTRO 04-07-2017

FRANCISCO ANDRADE - CARLOS PORTUGAL - BRAGA DA CRUZ
Vamos de férias. voltaremos na última semana de AGOSTO 
BOAS FÉRIAS DESPORTIVAS

       
       

       

22 junho 2017

A COR DO SOM

(Foto RUI ALMEIDA)

Conversa informal sobre a nova Associação Cultural SALATINA
        
       

       

A COR DO SOM

(Fotografia de RUI ALMEIDA)

FREI JOÃO DIAS VICENTE fala-nos da sua vida de FRANCISCANO e dfos oitocentos anos desta congregação.

       
       

       

09 junho 2017

Homenagem DR. RUI COSTA

Com o DR. LUIS NEVES, elemento da organização, falámos da justa homenagem que vai ser prestada ao DR. RUI COSTA.
 
       
       

       

A COR DO SOM

O Prof. HORÁCIO ANTUNES presidente da Ass. de Futebol de Coimbra fala-nos dos projectos e futuro desta.
       
       

       

02 junho 2017

BOLA AO AR



Agora chegou a época da dança dos treinadores.
Saídas e entradas surgem diariamente.
O TONDELA mantem o “salvador” PEPA; a ACADEMICA recruta depois da saída de COSTINHA  para o Nacional IVO VIEIRA que promete a subida (como objectivo…); NUNO ESPIRITO SANTO saltou do FC PORTO para o WOLVERHAMPTON; LUIS CASTRO viaja até CHAVES; SERGIO CONCEIÇÃO é apontado ao FC PORTO…
O mercado de jogadores está quente com os ditos “GRANDES” a procurarem realizar dinheiro que tape os buracos financeiros…
O vídeo-arbitro foi testado mas as opiniões são diversas. Acho que as novas tecnologias devem ser utilizadas mas o modelo apresentado é megalómano e pouco fiável…Lembro que no final da taça de Portugal foram utilizadas quase duas dezenas de camaras. E no campeonato como vai ser ?

ABC

A COR DO SOM

À conversa com o DR. RODRIGUES DA COSTA evocando ZECA AFONSO.

       
       

       
       

29 maio 2017

A COR DO SOM

Entrevista com Prof. Doutor JOSÉ LUIS FERREIRA AFONSO, Provedor da Universidade de Coimbra
       
       

       

18 maio 2017

A COR DO SOM

Uma visão muito pessoal da politica actual numa entrevista com o DR. CARLOS DA ENCARNAÇÃO.
 
       
       

       

17 maio 2017

11 maio 2017

A COR DO SOM

COSTINHA, técnico da BRIOSA fala-nos da sua carreira como futebolista, treinador e HOMEM.
 
   
       

       

05 maio 2017

A COR DO SOM

DR. JORGE GOMES e a sua paixão pela história do FADO DE COIMBRA
        
       

       

29 abril 2017

MEMÓRIAS DE VIDA

MEMÓRIAS DE VIDA: CEMITÉRIO DA CONCHADA
Visita orientada por Regina Anacleto, com o apoio de Rodrigues Costa
                                                                                  
Data do evento:
06.05.2017, sábado, às 10h30, com a duração prevista de 60 minutos

Organização:
A’Cerca de Coimbra (blogue)

Apoios:
Clube de Comunicação Social de Coimbra
Coimbra antiga e moderna (blogue)
Coimbra livre e aberta a todos (blogue)
"Cromos", Personalidades e Estórias de Coimbra (blogue)
Penedo da Saudade Tertúlia (blogue)

Público-alvo:
Todos os interessados na história e cultura coimbrã
Visita livre (sem prévia inscrição, ainda que agradecendo a manifestação de interesse na participação)

Objetivos:
- Integrar o espaço físico do conjunto cemiterial no tempo e no contexto socioeconómico
- Identificar alguns monumentos
- Sensibilizar os participantes para a necessidade de valorizar e preservar este tipo de património arquitetónico, artístico e cultural

Programa:
- Concentração dos participantes no jardim fronteiro à porta principal do cemitério da Conchada
- Breve exposição: o culto dos mortos ao longo dos tempos e o estabelecimento dos cemitérios em Portugal; as particularidades do cemitério da Conchada; o projeto inicial
  
- Percurso
1. Portão principal: o Anjo da Paz
2. Jazigo da família Brinca Esteves.
3. Jazigo neomanuelino
4. Jazigo da condessa de Canas
5. Jazigo neorrenascença
6. Jazigo neorromânico
7. Jazigo neogótico
8. Jazigo de Daniel Rodrigues
9. Jazigo neobarroco
10. Jazigo arte nova
11. Jazigo art déco
12. Monumento funerário homenageando António Augusto Gonçalves
13. Jazigo neogótico
14. Arqueta neogótica
15. Jazigo neorrenascença
16. Jazigo arte nova
17. Jazigo arte nova
18. Jazigo neomanuelino
19. Jazigo neoclássico

20. Campa de João Machado 

28 abril 2017

A COR DO SOM

O DR. TELES GRILO partilha com o CCSC uma história de vida.

       
       

       

18 abril 2017

A COR DO SOM

ENG.ª JORGE ANJINHO, investigadora dedicada a COIMBRA e à sua história conta-nos as peripécias porque passou na Sala dos Capelos da Universidade de Coimbra.
       
       

       

06 abril 2017

A COR DO SOM


(Fotografia: RUI ALMEIDA)

A DRª ANA MARIA BANDEIRA dá-nos uma aula sobre a importância da BIBLIOTECA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA.
       
       

       
   

05 abril 2017

MEMÓRIAS DE VIDA



MEMÓRIAS DE VIDA: CEMITÉRIO DA CONCHADA
Visita orientada por Regina Anacleto, com o apoio de Rodrigues Costa
                                                                                 
Data do evento:
06.05.2017, sábado, às 10h30, com a duração prevista de 60 minutos

Organização:
A’Cerca de Coimbra (blogue)

Apoios:
Clube de Comunicação Social de Coimbra
Coimbra antiga e moderna (blogue)
Coimbra livre e aberta a todos (blogue)
"Cromos", Personalidades e Estórias de Coimbra (blogue)
Penedo da Saudade Tertúlia (blogue)

Público-alvo:
Todos os interessados na história e cultura coimbrã
Visita livre (sem prévia inscrição, ainda que agradecendo a manifestação de interesse na participação)

Objetivos:
- Integrar o espaço físico do conjunto cemiterial no tempo e no contexto socioeconómico
- Identificar alguns monumentos
- Sensibilizar os participantes para a necessidade de valorizar e preservar este tipo de património arquitetónico, artístico e cultural

Programa:
- Concentração dos participantes no jardim fronteiro à porta principal do cemitério da Conchada
- Breve exposição: o culto dos mortos ao longo dos tempos e o estabelecimento dos cemitérios em Portugal; as particularidades do cemitério da Conchada; o projeto inicial


- Percurso
1. Portão principal: o Anjo da Paz
2. Jazigo da família Brinca Esteves.
3. Jazigo neomanuelino
4. Jazigo da condessa de Canas
5. Jazigo neorrenascença
6. Jazigo neorromânico
7. Jazigo neogótico
8. Jazigo de Daniel Rodrigues
9. Jazigo neobarroco
10. Jazigo arte nova
11. Jazigo art déco
12. Monumento funerário homenageando António Augusto Gonçalves
13. Jazigo neogótico
14. Arqueta neogótica
15. Jazigo neorrenascença
16. Jazigo arte nova
17. Jazigo arte nova
18. Jazigo neomanuelino
19. Jazigo neoclássico
20. Campa de João Machado

03 abril 2017

A COR DO SOM

(FOTO: RUI ALMEIDA)
O DR: ANTÓNIO JOSÉ GABRIEL, hoje professor universitário, continua a manter a sua paixão pelo FOLCLORE.